31 de dez de 2014

HIATO.

PARA OUVIR: SOMEONE LIKE YOU - ADELE 


Outra
Tentativa vã de dizer
O que eu queria
Que você visse
No vazio do que eu
Não disse

Ainda.

Era sobre 
Esse fim
Íntimo de mim
Enquanto
Te esquece.

10 comentários:

  1. O não dito é um bendito disfarçado de voz embargada, minha querida.

    Que lindo, Dé.

    Deixo também o meu desejo de escolhas fortes e realizações infinitas, sempre com muitas alegrias neste ano e claro, em todos eles.

    Bejo n'alma,
    Samara Bassi.

    ResponderExcluir
  2. Aquele momento que tentamos tanto, que quando vamos tentar só mais uma vez - porque alguma pseudo esperança bateu - percebemos que realmente não percebemos nada.

    Gostei do seu blog, moça!

    ResponderExcluir
  3. Triste, ainda mais com essa canção de fundo!

    (Que este ano seja um ano com mais suspiros de alegria)

    ResponderExcluir
  4. Mas toda intimidade se entranha e permanece. Esquece não, menina!

    Lindeza, beijo n'alma,
    Samara Bassi.

    ResponderExcluir
  5. Essa eterna prisão que se forma diante do que não foi dito. Belas palavras.

    ResponderExcluir
  6. Aproveitando as férias para voltar a ler as deliciosas palavras de alguns blogs, tive o prazer de visitar o seu cantinho e encontrar na tristeza beleza. Grande beijo.

    ResponderExcluir
  7. Ah, como esquecer?! </3 Seus versos sempre transbordando beleza e singularidade.

    ResponderExcluir
  8. Quando tentamos esquecer é quando mais lembramos. Beijos

    Mundo de Nati

    ResponderExcluir
  9. não dizer ou só calar não é silêncio.
    busco o segundo nos primeiros.
    falho sempre.

    ResponderExcluir

À você, um sorriso capaz de derreter o mais frio dos corações.