6 de nov de 2015

NADIR.


Esse abismo
Onde tudo deita
Sucessão de ecos sujos
Que só o profano enfeita.

Cólquida
Tessália
Quilômetros

Rio
Itália
Aqui
Pompéia

O fim

Nera

A Vênus
Que um dia fui
Hoje ele chama 

Medéia.

2 comentários:

  1. O que não foi abismo quando no amor ou no medo fecharam os olhos?

    ResponderExcluir
  2. Que seja qualquer nome, em qualquer lugar...

    ResponderExcluir

À você, um sorriso capaz de derreter o mais frio dos corações.